Entre os dias 24 a 28 de Agosto 55 professores das escolas Luiza Andaluz e Nossa Senhora de Fátima, localizadas no Bairro Rocha Pinto em Luanda, beneficiaram de uma formação com o objectivo de aperfeiçoar as suas práticas pedagógicas junto de crianças com necessidades educativas especiais, bem como, encontrar caminhos para garantir uma educação mais inclusiva nas respectivas instituições de ensino.
A formação, realizada no quadro do projecto Educar com o Coração de Fátima, foi ministrada pela Equipa Multidisciplinar do Centro de Diagnóstico e Orientação Psicopedagógica de Luanda (CDO) e é mais um mecanismo para procurar responder à solicitação de Dom Filomeno do Nascimento Vieira Dias, Arcebispo metropolita da Arquidiocese de Luanda, no sentido destas escolas serem percursoras no ensino especial em Angola, contribuindo para a implementação mais efectiva da “Declaração de Salamanca” de 1994.
Esta foi a primeira formação de professores desde que, em resposta à propagação da COVID-19, foi decretado o Estado de Emergência em Angola em Março último. Realizado em contexto de pandemia, foram observadas todas as medidas de biossegurança e de distanciamento físico.


Eugénio Salessu Casimiro Epalanga

Texto elaborado tendo por base excertos da acta da formação.